Olá, eu sou a Ana Luísa e moro com a minha família em Sydney, Austrália, há quase dois anos. Minha amiga Fatinha me convidou para estrear o Me Conta na Volta com essa cidade que eu amo cada dia mais.

Então, a seguir, EU TE CONTO um pouquinho sobre Sydney com várias dicas preciosas do que fazer na maior cidade australiana. Ahhh, certamente, Sydney é tão linda e agradável que a lista será grande, se prepare:

Primeiro destino, CBD – Central Business District: a região central de Sydney reúne atrações turísticas, cafés e restaurantes, empresas, parques e atividades para todos os gostos. Ademais, é o que eu chamo de o coração da cidade e onde eu adoro estar.

Vem comigo para as Dicas preciosas

Skyline, Central Business District: imagem Google

As principais vias em CBD são a George Street e a Pitt Street. Entre essas duas ruas paralelas, você encontrará praticamente tudo o que você precisa com relação às compras.

Então é tipo: Shop till you drop. Deixa eu me explicar, entre essas ruas e outras também, os grandes centros comerciais, galerias e shoppings se interligam subterraneamente.

Quando você acha que está saindo do local que você entrou, você pode estar entrando em outro shopping/galeria/centro comercial.  Por fora essas galerias parecem inocentes, mas esteja avisado! 😉

Então, vamos dar nome aos bois? Os principais são: Queen Victoria Building – QVB, lindo prédio histórico, de 1898. O QVB, como é conhecido, fica no meio da George Street e concentra lojas internacionais renomadas, marcas australianas de sucesso e muitos cafés e docerias. Opa, doce!

É comigo mesmo! Uma doceria muito famosa na Austrália é a que leva o nome do pâtissier Adriano Zumbo, o queridinho australiano que frequenta os programas de televisão de culinária e tem também o seu próprio programa, só pra sentir a fama desse rapaz! Há um quiosque do Zumbo no QVB com doces maravilhosos de se ver e comer.

Que maravilha!

Belíssimo prédio do Queen Victoria Building

Do outro lado da calçada, você irá se deparar com a loja de departamentos Meyer, no melhor estilo Harrod’s em Londres ou Macy’s em várias cidades americanas.

Aliás, são sete andares enormes para vender de tudo: coisas para casa, brinquedos, roupas de crianças e adultos, sapatos, perfumes, maquiagem, eletrônicos, um andar inteiro de food court e mais algumas coisitas. De fato, as melhores marcas estão lá e por essa razão, os preços são condizentes.

Saindo da MEYER pela Pitt Street você cai no Westifield Shopping Centre, outro gigante do varejo, com lojas queridinhas como Zara, Nike, Adidas, Armani, Bottega Veneta, Calvin Klein, Channel, Christian Louboutin, Fendi, Gap, Hugo Boss, Michael Kors, MiuMiu e muito mais.

Além dessas lojas, dentro deste shopping você encontrará uma outra grande loja de departamento ao estilo da Meyer, a David Jones. Aqui no Westfield CBD, você ainda tem a opção de ir ao Sydney Tower Eye and Skywalk. O local mais alto de Sydney, para aproveitar uma vista de 360o, que permite apreciar para além da cidade.

Sydney Tower Eye: imagem Google

Galerias marcantes

Na mesma calçada, ou próximo, você encontrará as charmosas Galerias, com marcas locais descoladas e lojas como H&M, Forever 21, Muji, Uniqlo, Sephora, Vans, etc. Então anota aí alguns nomes: The Galeries, Strand Arcade, MidiCity Shopping, Pit Street Mall, entre outros.

Andando em direção sul da George Street, bem no comecinho, você chegará a Chinatown de Sydney. Então, a região é enorme, com vasto comércio, restaurantes e lembrança da cultura chinesa. O shopping Market City, em Chinatown, é o lugar ideal para comprar souvenirs.

A lista de locais para compras é interminável, vale a pena pesquisar mais a fundo. Vou parando com este assunto por aqui com mais uma dica. De fato, Sydney possui outlets espalhados pela cidade, alguns deles: Birkenhead Point Outlet Centre, DFO Homebush, Alexandria.

Ainda em CBD, as opções de lazer para todos os lados são enormes. Andando na George Street em direção Norte, no fim da rua, você chegará a região de Circular Quay, local do ponto turístico mais famoso da Austrália: a Opera House.

::: Siga minhas viagens ao vivo pelo instagram/@tecontonavolta
::: Curta minha página no facebook/tecontonavolta

Opera House vista do ferry a caminho de Manly Beach

Divirta-se

Tire algumas horinhas para aproveitar essa região, onde, tudo junto e misturado, você poderá passear pelo bairro mais antigo e fofo de Sydney, o The Rocks (museus, restaurantes, lojas e arquitetura incríveis).

Para passar por baixo da Harbour Bridge, outro famoso ponto turístico; ver uma apresentação cultural aborígene no píer; aproveitar os inúmeros cafés e restaurantes no seafront e desfrutar da maravilha que é a Opera House.

Opera House e Opera Bar: vários restaurantes e bares para curtir a principal atração de Sydney, com vista também para Harbour Bridge – programação imperdível!

Caminho do bairro The Rocks para Circular Quay, passando por baixo da Harbour Bridge.

Mais diversão no passeio

Após o passeio pela Opera House, colada a essa área, dá se o inicio do Jardim Botânico principal de Sydney. O Royal Botanic Garden, beirando a água, imenso, com inúmeras espécies de plantas, aves e paisagens de se apaixonar.

Jardim Botânico de Sydney e muitas cacatuas

Ainda andando em direção ao centro da cidade, pelo Jardim Botânico, além dos prédios históricos e comércio interessante, você se deparará com o Hyde Park, maior parque da região central de Sydney.

Hyde Park

O Hyde Park abriga festivais, tem enormes jardins e esculturas, um chafariz que faz a alegria das crianças e também a St. Mary’s Cathedral. Linda! Linda! Linda!

Muito famoso também aqui em Sydney é o zoológico chamado Taronga Zoo. Então, para chegar nele, as opções são: ônibus, táxi e ferry (Circular Quay, de fato, é onde se encontra o maior terminal de ferries, mas há outros pontos espalhados na cidade).

No Taronga Zoo, Girafas privilegiadas com a vista da cidade

De fato, tem-se muita coisa para ver, e posso afirmar que cada uma dessas dicas vale a pena. Ademais, o segredo, para quem tem pouco tempo, é se programar.

A seguir, a dica com o meu lugar do coração, já que morei ao lado do Darling Harbour. Morei por um ano e praticamente adotei este lugar como o meu local de lazer.

A saber, Darling Harbour é um conjunto de entretenimento sem fim. Seu começo é na altura de Chinatown e logo tem a primeira opção de passeio que é o Chinese Garden of Friendship.

De fato, um jardim com esculturas e artes, muito bonito e tranquilo, bom de se conhecer e também descansar um pouco. Nessa altura da localização, deixando Darling Harbour, tem o Power House Museum, museu de ciência e história, que é muito interessante e vale a visita.

Certamente, é mais interessante, principalmente se você estiver acompanhado de crianças. Elas se encantarão. Voltando para Darling, há um gramado enorme que é aproveitado por estudantes, turistas, empresários, sydneysiders em geral.

Aliás, que tiram um tempinho para relaxar, aproveitar o dia e, ao lado desse parque, uma rua de pedestres com imensa opção de restaurantes de comida. Comida tailandesa, chinesa, japonesa, churrascaria brasileira,  pubs, cafés, sorveteria, doceria, de tudo e mais um pouco.

Reserve seu hotel em Sydney aqui 

Então, mais adiante, ainda em Darling, você chegará ao waterpark e playgroung. Essa área é chamada Tumbalong Park, onde as crianças gostariam de passar o dia inteiro se pudessem, com escorregas gigantes,.

Além de tudo, com labirintos de água, redes para escalar, tirolesa, balanços, carrossel. Enfim, tudo para agradar desde os pequenininhos até os maiorzinhos.

Water park em Darling Harbour

Mais roteiros interessantes

Então, seguindo o caminho chegando no seafront em Darling, você tem a opção de ir para a direita ou para esquerda, fazendo um U. Ainda mais, andando pela esquerda você verá o Australian National Maritime Museum, o Habourside Shopping Centre, o Hard Rock Café Sydney, o HMB Endeavour Replica, etc.

Certamente, meu lado preferido é o da direita: deste lado além das várias opções de restaurantes, você encontra o Sydney Sea Life Aquarium, o Wild Life Sydney Zoo, o Madame Tussauds Sydney e mais outras opções de bares e restaurantes.

Contudo, o interessante deste lado direito é que por ter mais opções de lazer, tem mais gente e a vibe é maravilhosa. Aliás, a qualquer hora do dia ou da noite.

Entretanto, é bom lembrar que, para chegar ao CBD e demais atrações, as opções de transportes são: trem, ônibus, táxi, ferry, taxiboat, carro, lightrail e a pé, dependendo de onde você esteja e da sua disposição, é claro.

Fora da região do CBD: praias incríveis

A saber, a praia mais famosa de Sydney é sem duvida a Bondi Beach. Queridinha dos descolados, tem uma grande concentração de brasileiros. Ademais, tem bondi tem um caminho até Coogee Beach, chamado Bondi to Coogee Walk, beirando a água, com uma vista incrível.

Bondi Beach no dia do festival de kites, que acontece anualmente

A piscina de água natural do Bondi Icebergs Club, tão famosa quanto a própria praia

Preferências

De fato, a minha praia preferida é Manly Beach, tem um ar menos urbano que a praia de Bondi e muitas escolinhas de surf. Aliás, é uma praia mais família, com um calçadão espaçoso com playground, espaço público para churrasco e piquenique.

Manly Beach: imagem Google

A saber, Manly também tem um caminho a pé pela costa (Coastal Walk) até a Shelly Beach. De fato, é tesouro escondido, excelente para mergulho, já que apresenta uma grande variedade de vida marinha.

Coastal Walking de Manly até Shelly beach: imagem Google

São muitas as praias que valem a pena conhecer e, de presente, a maioria delas tem adjacente, piscinas de água natural. Mais alguns nomes para ajudar no seu roteiro: Freshwater Beach, Cronulla Beach, Palm Beach e Tamarama Beach.

Para concluir…

Vou parando por aqui, mas muitas outras opções de lazer e turismo em Sydney e arredores estāo à disposiçāo de que vem pra cá. Tais como Blue Montains, Hunter Valley, Royal National Park, Bundeena, and on and on

Venham com ou sem programaçāo, o que fazer por aqui não vai faltar. Portanto, espero que eu tenha conseguido passar um pouquinho da maravilha que é essa cidade. Afinal, têm muuuitas atrações e lugares que merecem a visita!

Beijo. Ana Luísa.

Reserve seu hotel em Sydney aqui 

::: Siga minhas viagens ao vivo pelo instagram/@tecontonavolta
::: Curta minha página no facebook/tecontonavolta

COMENTE PELO FACEBOOK

3 thoughts on “Dicas preciosas de uma residente apaixonada pela cidade aussie

COMENTE PELO SITE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *