Todo viajante profissional já sabe na ponta da língua as regrinhas básicas para fazer as malas e evitar problemas. Nós aqui, depois de muitas andanças, já aprendemos bastante sobre organização de bagagem, ainda mais com enxoval de bebê nos EUA.

Porém tivemos um desafio: arrumar todo o enxoval do nosso primeiro bebê comprado nos Estados Unidos. A missão não é fácil, mas seguindo nossas dicas, você irá se preparar melhor para garantir que tudo que seu bebezinho precisa chegue bem!

Para organizar as malas de forma fácil

1 – Tire todos os produtos comprados das caixas e das embalagens volumosas. Essa será a única maneira de organizar tudo nas malas. Certifique-se de que não irá esquecer nada dentro das embalagens e se o produto tiver peças pequenas, as coloque dentro de um saquinho plástico para  que nada seja perdido. Guarde os manuais;

2 – Tire as etiquetas de tudo: roupas e produtos. Essa dica tem a ver com a Receita Federal brasileira, caso você tenha sua bagagem fiscalizada ao desembarcar. Será menos pior para você, se ficar caracterizado que suas compras são para uso próprio e não para revenda;

3 – Compre uma mala grande e maleável (aquelas de “sacoleiras”) que caiba o carrinho/bebê conforto, pois suas embalagens originais acostumam ter as dimensões maiores do que é permitido pelas companhias aéreas (não pode exceder 157 cm, somados todos os lados).

Portanto, para evitar custos adicionais com excesso de tamanho, tire os da caixa original. Aproveite os espaços vazios nessa mala, para colocar roupinhas, mantinhas, que também ajudarão a proteger o carrinho/bebê conforto.

Se achar a mala frágil (normalmente essas malas são descartáveis, mas resolvem o problema), a embale/plastifique no aeroporto para maior proteção. O nosso bebê conforto chegou intacto dessa forma;

4 – Tenha em mãos uma balança de mala,item essencial para qualquer viajante. Você comprará muita coisa e precisará organizar as malas para que também não ultrapasse o peso permitido pelas companhias aéreas;

5 – Verifique com sua companhia aérea os custos de trazer uma mala extra, caso seja necessário. De acordo com minha pesquisa, é mais barato trazer uma mala extra do que pagar pelo excesso de peso ou tamanho;

6 –  Arrume os aparelhos eletrônicos, como a bomba de leite e babá eletrônica, na mala de mão. Além de serem itens de valor, podem quebrar nas bagagens despachadas;

Leia também: Enxoval de bebê nos Estados Unidos: produtos de farmácia.

7 – Não se esqueça de trancar as malas com cadeados TSA. Certamente você terá sua bagagem inspecionada nos Estados Unidos e esses são os únicos cadeados que a TSA (Transportation Security Administration) possui chave-mestre para abrir, sem danificar sua mala;

8 – Reserve um dia para arrumação das malas. As consultoras de enxoval nos Estados Unidos pedem para que sejam reservadas 4 malas só para o enxoval. Daí já dá para imaginar a loucura que é tirar tudo das embalagens, arrancar etiquetas e arrumar todo o enxoval para que chegue em segurança;

9 – Considere declarar os itens mais caros e que chamam mais atenção na alfândega. Ser fiscalizado ou não é uma questão de sorte, porém para evitar as multas altíssimas, declare, pague o imposto devido e mesmo assim terá valido a pena;

10 – Por, fim, curta esse momento sublime que é toda a preparação e o cuidado com a chegada do seu bebê! Pode acreditar, você nunca terá tanto prazer em arrumar as malas para voltar para casa!  ♥♥♥

::: Siga minhas viagens ao vivo pelo instagram/@tecontonavolta
::: Curta minha página no facebook/tecontonavolta

COMENTE PELO FACEBOOK

COMENTE PELO SITE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *