3° Dia Passear em Montmartre, conhecer o Sacre Couer e o Moulin Rouge
Montmartre é o bairro boêmio de Paris. Para chegar até lá, desci na estação Anvers e subi a rua que fica em frente a estação do metrô. Você vai passar por inúmeras lojinhas de souvenirs até chegar aos pés da linda igreja do Sacre Couer. Há uma escadaria enorme na frente e para subir até a igreja, encare as escadas ou pegue o funiculaire (se você veio de metrô, guarde o bilhete e suba com ele. Para descer tem que pagar de novo.) Fiquei muitíssimo emocionada na igreja com a missa linda que estava acontecendo durante minha visita. O som do imenso órgão ecoava pela igreja causando uma emoção única. Mas, por favor, jamais pense em tirar fotos lá dentro. Há um senhor na porta que avisa que máquinas fotográficas são proibidas. Vi uma menina tomando uma bela bronca dele, pois desrespeitou a proibição. Ainda teve que apagar todas as fotos. Portanto, nada de foto! A vista lá de cima é belíssima. Aproveite para admirar Paris! Saindo de lá, caminhe pelas ruelas do bairro!

Por fim, não deixe de passar em frente, ao menos, do mais famoso cabaré de Paris: o Moulin Rouge!

Se quiser confira a programação e adquira seu ingresso. Para ser sincera, achei um pouco estranha essa região dos cabarés. São infinitos inferninhos e sex shops por alí, mas é uma experiência!
Ah, e bem pertinho do Moulin Rouge, subindo a rua Lepic, fica o famoso Café des Deux Moulin (15 rue Lepic 75018). Conhece? É o café onde foi filmado um dos meus filmes favoritos: O fabuloso destino de Amélie Poulain!. O serviço é bem razoável. Não achei nada de excelente na comida, mas vale muito a pena a visita. Se você é apaixonado pelo filme ou simplesmente quer conhecer um dos mais famosos cafés de Paris não deixe de ir.